"A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de caráter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." - Arthur Schopenhauer

sábado, 3 de outubro de 2009

Mais fotos da gatinha Naty para doação

Mais fotos da linda gatinha Naty para doação, ela tem 4/5 meses, já está castrada, é dócil, mas tem personalidade marcante, é comilona, comilona e bastante brincalhona.
Contatos
gatariadavila@gmail.com


Mais fotos da gatinha Susi e Samanta para doação - ADOTADAS!!!!!

adotadas no dia do animais!!!!!!! 04/10/09, boa sorte para as meninas e suas novas famílias!!!

O dono especial que a Susi e a Samanta procuram ainda não apareceu, quem sabe não é vc?? Olhem que fofurinhas!!
Precisamos de lares responsáveis, estamos com aprox. 4 meses e castradas!!
Contato
gatariadavila@gmail.com

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

DOAÇÃO URGENTE CÃOZINHO BOBBY

Esse é o Bobby. Um lindo cachorro que lembra o labrador golden. Até o começo do ano tinha um lar onde viveu desde filhote. Ocorre que sua "dona" resolveu mudar de casa e o abandonou no Parque da Aclimação. Ele acabou voltando para a antiga casa e ficou dias no portao esperando a dona voltar. ate q foi retirado do local muito machucado, com dor e abatido.; foi tratado e agora esta bem, está vacinado e castrado.

Apesar de inicialmente desconfiado com as pessoas, em razao do que; passou, é um animal dócil. logo se entrega aos carinhos. Inicialmente ficou aos cuidades de uma moça, mas a; proprietaria do imovel nao o quis mais. agora esta provisoriamente em outra casa, mas por pouco tempo, pois a pessoa nao poderá ficar com ele tambem. Atualmente fica o dia inteiro acorrentado no local onde está. isso o deixa bastante estressado.


Contato
c/ Keila tel 9359-9907 ou keilatls@hotmail.com



DOAÇÃO GATINHOS LION & TIGER - somente reservas




Somos 2 fofuras que saímos para brincar de esconde esconde e acabamos fazendo uma pequena
viagem no protetor do carter de um carro , agora precisamos de um lar definitivo , querem nos adotar ?
Nas duas primeiras fotos estamos os dois mais lindos do que nunca .
Na terceira foto um close do Lion e na quarta foto um close do Tiger .
Em breve serão castrados, façam suas reservas!!
gatariadavila@gmail.com

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Filminho do gatinho AVA

video

Acho que não é tão difícil vamos ver se consigo adicionar, estrelando GATINHO AVA!!!!

Um pouco mais de Ava o gatinho feliz adotado



Mais fotos do Ava, adotado pelo Aluizio, Fatima, Vitor, se vê que leva a vida que pediu a Deus!!
Tb já estreou em filminhos, porém eu vou ver como faço para postar o filminho viu Aluízio? Pq sou um "zero" na informática, só sei postar foto...mas vou publicar, pode deixar!!
Olhem que lindo, está um show de gato!!
Ele parece muito com a Naty, uma gatinha que está para doação tb, vou lhe enviar fotos.

Estela

domingo, 27 de setembro de 2009

ANIMAIS e GRÁVIDAS

Para ver, acesse: WWW.GATOVERDE.COM.BR => POSSE RESPONSÁVEL => ANIMAIS E GRÁVIDAS

ANIMAIS e GRÁVIDAS

Cães e Gatos vivem cerca de 15 anos

e são totalmente dependentes dos cuidados e afeto de seus donos durante toda a sua vida.

Um dono bem informado

jamais abandona seu companheiro animal.

Seguem algumas informações e dicas preciosas

para você, seu bebê e seu animal de estimação viverem juntos e felizes.


TENHO UM CACHORRO E VOU TER UM BEBÊ!


Muitas pessoas chamam o cachorro de "meu nenê",

mas quando ficam grávidas acham que precisam se "desfazer" do cachorro.

Infelizmente, muitas vezes, esta é a recomendação do médico ginecologista.

Os animais de companhia devem estar com a vermifugação e a vacinação em dia.

É muito importante que o animal (macho ou fêmea) esteja castrado,

pois animais castrados ficam mais tranqüilos e obedientes e não marcam o território com urina.

Animais tratados com amor e carinho,

dificilmente vão fazer algo contra quem os trata bem.

Se você estiver insegura com relação a questões de higiene,

leve o seu animal de estimação a um veterinário para um chek-up.

* * *

OS CÃES PRECISAM SER PREPARADOS PARA A CHEGADA DO BEBÊ.

DICAS

PARA MULHERES GRÁVIDAS QUE TÊM UM CACHORRO

1 – Para que o cachorro não sinta tanto a sua falta quando o bebê nascer, você deve, aos poucos, passar algumas tarefas - banho, alimentação e passeios - a uma outra pessoa da casa.

2 – Prepare-o para as mudanças mostrando a ele a barriga, as fraldas e o quarto ou berço do bebê.

3 – Se ele for muito apegado a você e ciumento, use uma boneca para simular o futuro nenê e peça para uma pessoa dizer ao cão "vá com calma, não pule, não coloque a pata".

Dê a ele um petisco gostoso se ele se comportar bem.

4 - Ensine-o a entrar no quarto do bebê só com a sua permissão: deixe-o na porta e diga "fica".

Repita quantas vezes for necessário e dê um petisco quando ele ficar paradinho na porta.

* * *

A CRIANÇA TAMBÉM PRECISA SER PREPARADA,

pois pode considerar o cachorro um concorrente da atenção que recebe das pessoas.

Os primeiros contatos devem ser supervisionados pelos adultos,

pois crianças muito pequenas não têm controle sobre o manuseio com o animal.

* * *

DICAS do site Cão Cidadão

"Tenho um cão adulto e vou ter nenê. E agora?"

Para não criar competição, o cachorro tem de relacionar a criança com uma sensação prazerosa que vai melhorar e não piorar a sua vida.

O cão reconhece as pessoas da casa como integrantes de sua matilha e o mesmo deve acontecer com o bebê.

Assim que o bebê chegar na casa, deve-se apresentá-lo ao cão e deixá-lo ser cheirado.

No dia-a-dia é preciso criar situações agradáveis ao cão - brincadeiras, atenção e carinho - quando a criança estiver presente.

Desta forma, o cão vai assimilar o bebê com sensações agradáveis e não vai sentir ciúmes.

Se o cão não for ter acesso a uma parte da casa - como o quarto do bebê - é preciso acostumá-lo semanas antes da chegada do recém-nascido, para que ele não relacione a chegada da criança com a perda do território.

O mesmo deve ser feito no caso de diminuição da atenção dada ao cão.

É bom lembrar que o cachorro não deve ficar sozinho junto com o bebê sem supervisão.

O cão pode machucar a criança brincando de maneira desajeitada.

Você também pode contar com o auxílio de um profissional para orientar neste processo através do adestramento ou da consulta comportamental.

www.caocidadao.com.br/dicas_comportamento.php

WWW.SUPERNANNYDOGS.COM.BR


TENHO UM GATO E VOU TER UM BEBÊ!

Infelizmente, alguns médicos ainda aconselham suas pacientes a se desfazerem de seu gato quando engravidam.

O maior cuidado que uma mulher grávida deve ter, é o de lavar bem as mãos após o manuseio da caixa de areia onde o gato faz suas necessidades.

Para se certificar que seu gato não representa perigo para você, peça ao veterinário que faça um exame adequado.

Os animais de companhia devem estar com a vermifugação e a vacinação em dia.

É muito importante que o animal (macho ou fêmea) esteja castrado,

pois animais castrados ficam mais tranqüilos e obedientes e não marcam o território com urina.

Animais tratados com amor e carinho,

dificilmente vão fazer algo contra quem os trata bem.

Se você estiver insegura com relação a questões de higiene,

leve o seu animal de estimação a um veterinário para um chek-up.

*

COPIE O TEXTO ABAIXO E LEVE PARA SEU MÉDICO

SE ELE A ACONSELHOU A LIVRAR-SE DE SEU GATO

...E SEJA FELIZ COM SEU ANIMAL E COM SEU BEBÊ!

--

Deolinda Eleutério

(organizadora do site www.gatoverde.com.br )

Texto inspirado no artigo de Nina Bellino na revista "meu nenê" n° 78 de outubro/2004 - Editora Símbolo - www.meunene.com.br


TOXOPLASMOSE:

o risco está no "prato" ou no gato?

Drª Claudia Vanessa B. Rodrigues - Médica Veterinária

A toxoplasmose é uma zoonose que tem diversas fontes de infecção.

Ao contrário do que muitos pensam, as fezes frescas de gatos não são fontes de infecções.

Os gatos infectam-se pela ingestão de presas contaminadas, água contaminada e ingestão de carne crua ou mal cozida. Eles têm o papel central na infecção por serem o único animal de sangue quente que elimina nas fezes os oocistos do parasita que pode vir a contaminar pessoas e outros animais.

Esses oocistos precisam ficar em média três dias no ambiente para que se tornem infectantes.

Assim sendo, fezes frescas de gato, não apresentam risco de infecção.

Como os gatos são animais extremamente limpos e durante a infecção raramente apresentam diarréia, diminui o risco de ficarem resíduos fecais na sua pelagem, sendo assim, a possibilidade de transmissão para o homem pelo ato de tocar ou acariciar um gato é mínima ou inexistente.

Mordidas e arranhões também são improváveis meios de transmissão.

Outro fato importante é que gatos que entram em contato com o protozoário pela primeira vez, eliminam os oocistos nas fezes por uma a duas semanas e então desenvolvem imunidade que pode durar até seis anos.

Durante esse período, mesmo sendo novamente expostos à infecção, não eliminarão os oocistos nas fezes, ficando impossível a transmissão para o homem e demais animais.

Diversos estudos têm demonstrado que possuir um gato como animal de estimação, ter contato com os gatos perto de casa ou trabalhar com gatos num hospital veterinário não aumentam as chances de contrair toxoplasmose.

Evitar contato com o gato não significa evitar a infecção.

A principal fonte de infecção para o homem é o consumo e contato com carnes cruas e mal cozidas contendo oocistos do parasita.

Entre carnes consumidas, a suína é considerada a maior fonte de infecção, pois o parasita pode sobreviver no animal por mais de um ano.

O homem também pode ser infectado por via transplacentária e água contaminada com os oocistos.

Assim, a melhor forma de evitar a toxoplasmose é:

- não ingerir carne crua ou mal cozida;

- não alimentar o gato com carne crua ou mal cozida...é melhor alimentá-lo com rações industrializadas:

- lavar bem as mãos e utensílios de cozinha com água morna após a manipulação de carne crua;

- usar luvas para mexer na terra de vasos e jardins;

- evitar a manipulação de carne crua...se não for possível, usar luvas;

- lavar bem frutas e verduras;

- trocar a caixa de areia dos gatos diariamente;

- manter sempre os gatos dentro de casa para evitar o hábito de caça.

--

Médica Veterinária responsável: Drª Claudia Vanessa B. Rodrigues - CRMV – SP 1582

Adaptado do site www.sava.org.br


Grávida e Gato: uma dupla inseparável !

Por Flávia Benvenga

As futuras mães não precisam afastar-se dos bichanos de estimação. Bastam alguns cuidados com a higiene e a alimentação para prevenir a Toxoplasmose.

"Estou grávida! E agora? O que faço com meu gato?

Essa pergunta é feita com frequência a médicos e veterinários.

"A exposição ao protozoário da Toxoplasmose pode ocorrer por vários meios", assegura a médica veterinária e professora da USP Sílvia Ricci Lucas, que tem uma gata e três filhos pequenos.

"A carne mal passada ou crua é a principal transmissora do protozoário, bem como verduras cruas mal lavadas e água contaminada", acrescenta a veterinária.
Por isso, não adianta a grávida 'se livrar' do gato se ela própria consome esse tipo de alimento.

Uma pessoa só pode se contagiar se tiver contato direto com fezes ou com terra contaminada e, em seguida, levar a mão à boca ou aos olhos.

Para sentir-se mais segura, a mulher que está planejando ter um bebê e seu gato de estimação, deverão passar por um exame sorológico que detecta o protozoário.
A jornalista Patrícia Logullo, mãe da bebê Nina, e dona de dois gatos, não abriu mão do contato e das "sessões de amasso" com seus bichanos, durante e depois da gravidez.

"Cuidei da minha alimentação, não mexi na bandeja sanitária e lavei muito bem as mãos após a brincadeira com meus gatos", conta.

---

Adaptado de www.arcabrasil.org.br/mail/newsletter/toxoplasmose


Depoimento de uma Médica Veterinária

"É inacreditável a maneira que se impõem em uma patologia (doença), uma única causa sem explicar o que realmente é perigoso para a saúde das pessoas.

Comprovadamente, apenas 1% da população felina são transmissores da Toxoplasmose.

Uma pessoa tem riscos de contaminação se em sua alimentação houver a ingestão de carne mal passada ou crua e verdura, frutas e legumes mal lavados.

Quanto ao gato, quem não quiser correr riscos de contaminação é muito simples, basta manter a alimentação de seu bichano a base de ração e manipular as fezes com o auxílio de luvas, saquinhos plásticos e uma pá, principalmente em caixinhas de areia sanitária mantendo o ambiente limpo.

Sem esquecer de levar o gatinho periodicamente no Veterinário e vermifugá-lo a cada 5 meses.

Se mesmo assim tiver medo do contato com as fezes, peça que alguém o faça durante a gestação.

Vale a pena salientar que sou Médica Veterinária, tenho mais de 70 gatos (muitos resgatados de situações de abandono), todos os anos faço exames laboratoriais e não tenho Toxoplasmose ou outro tipo de parasita.

Vale também para casos de alergia... Um animal é sempre um auxílio em muitas doenças e não um problema, principalmente um gato que "tem efeito calmante"!

--

Dra. Mara Rubia Fornazari - maraveterinaria@terra.com.br

Médica Veterinária e colunista do Jornal "O Progresso de Tatuí"


Fonte: www.gatoverde.com.br




DOAÇÃO GATINHO GIBSON - adotado



Esse lindo siamês red point, tem aproximadamente oito meses, castrado, vacinado e fofo, está a procura de um lar responsável e amoroso.

contatos gatariadavila@gmail.com


Muitos esperam uma nova chance

Muitos esperam uma nova chance
Não produza, nem compre quando muitos morrem